Quem somos
quem-somos-sg

O Sindicato dos Gêmeos nasceu da parceria de duas duplas de gêmeos, os médicos Alexandre e Ricardo Ghelman e dos cartunistas e humoristas Chico e Paulo Caruso. O Alexandre inicialmente pensou em criar o projeto chamado Gemialidade, depois que convidaram o Paulo e Chico Caruso,  o Paulo lançou o nome Sindicato dos Gêmeos, logo aprovado devido a natureza do humor na união de gêmeos, ainda mais não sendo um sindicato formal. A ideia do Sindicato é agrupar gêmeos presencialmente e à distância, para se comunicarem e desenvolverem projetos culturais, trocas de experiências, eventos, pesquisas e ações sociais. 

Há muito conhecimento científico interessante para a sociedade em geral e interesse das famílias de gêmeos por esta condição, seja em relação a educação, assim como esclarecimento de mitos e verdades. Com a expansão da reprodução assistida, o numero de gêmeos está crescendo.

Aconteceu

Conferência Internacional: Importância dos Estudos de Gêmeos na Pesquisa sobre Comportamento Humano

A Ciência por trás da Fascinação

O Instituto de Psiquiatria da UFRJ realizou o evento. Além da UFRJ, a Prof. Nancy fará conferências no Instituto de Psicologia da USP, UFMG e Universidade Católica de Salvador.

Prof. Segal recebeu seu PhD em  Desenvolvimento Humano pela Universidade de Chicago (1982); M.A em Ciências Sociais, pela Universidade de Chicago (1974); e B.A. em Psicologia pela Boston University (1973).

Atualmente é professora de Psicologia do Desenvolvimento e Diretora do Centro de Estudo de Gêmeos, na California State University, Fullerton. Ela foi reconhecida como Professora Sênior do Ano de CSU Fullerton 2004-5. Recebeu o Prêmio James Shields de 2005 por contribuições para a pesquisa em gêmeos pela Behavior Genetics Association e pela International Society for Twin Studies. É membro da American Psychological Association, American Psychological Society e Western Psychological Association. É editora associada da revista Twin Research, Human Genetics e foi editora de pesquisa da revista Twins de 1984 a 1998. É membro do Conselho Consultivo do Centro de Perda em Nascimentos Múltiplos. Ela atuou como Diretora Assistente do Minnesota Center for Twin and Adoption Research, no Departamento de Psicologia da Universidade de Minnesota, em Minneapolis, 1985-1991.

Os seus interesses de pesquisa incluem influências genéticas e ambientais sobre o comportamento humano. Ela estuda gêmeos para entender as relações sociais na população em geral.

É autora de livros, como “Born Together-Reared Apart: The Landmark Minnesota Twin Study” (Harvard University Press), “Someone Else’s Twin: The True Story of Babies Switched at Birth” (Prometheus), “Indivisible by Two: Lives of Extraordinary Twins” (Cambridge, NA: Harvard University Press), “Entwined Lives” (NY: Dutton).

Publicou artigos em revistas de prestígio, como o American Psychologist, Child Development e Science.

Segal_Nancy
book1

Ficha Técnica:

Dia 08/08/2017 

Local: Auditório Leme Lopes do Instituto de Psiquiatria da UFRJ – Av. Venceslau Brás, 71 – Campus da Praia Vermelha – Botafogo – Rio de Janeiro – RJ.

Coordenação: Prof. William Berger, Prof. Antonio Egídio Nardi e Dr. Alexandre Ghelman.

Palestrante: Nancy Segal, PhD, Diretora do Centro de Estudo de Gêmeos na Califórnia State University.

Realização: 

propsam
ipub
ufrj

Patrocínio:

capes

Apoio:

LOGO-SINDICATO-DOS-GEMEOS

I Encontro de Gêmeos da USP

O Sindicato dos Gêmeos participou ativamente na organização e realização do I Encontro de Gêmeos na USP, dia 11/11/2016, no Anfiteatro Altino Antunes da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia na Universidade de São Paulo.

O evento promoveu discussões relacionadas a pesquisas sobre o comportamento de gêmeos, e foi organizado por uma equipe coordenada pelos professores Emma Otta, Maria Lívia Moretto e Daniel Kupperman do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, e pelos médicos pesquisadores Ricardo e Alexandre Ghelman do Sindicato dos Gêmeos.

A equipe que participou das comissões de organização foi composta também por Eloísa Fernandes, Gustavo Crivello, Jonas Arantes, Mariana Stefani, Rafael Hsu, Tiziana Acquaviva, Tania Lucci, Leda Kiehl, Ana Carolina Aranha, Gustavo di Ramos, Laura  Bechara e Marina Pagani.

evento
Programação

13:30 – 14:30 – Abertura do evento, com participação por vídeo de Nancy Segal (California State University, Fullerton, USA) e Paulo Ferreira (University of Sydney, Australia) – Coordenação: Emma Otta

14:40 – 16:10 – O Estado da Arte das pesquisas sobre Gêmeos no Brasil: representantes dos principais grupos de pesquisa (USP, UFMG, UFPA, UFRN) – Coordenação Jaroslava Valentova e Lívia Moretto

16:10 – 16:30 – Intervalo

16:30 – 17:20 – Apresentação de pôsters

17:30 – 19:00 – Mesa-Redonda com a participação de Gêmeos: “Temas de pesquisa relevantes para gêmeos” – Coordenação: Dr. Alexandre Ghelman e Dr. Ricardo Ghelman, e Lucas Lara, do Museu da Pessoa.

19:00 – 19:30 – Intervalo

19:30 – 21:00 – Show de encerramento com os gêmeos Paulo e Chico Caruso e as gêmeas Celia e Celma.

Exposição de fotos com premiação para os participantes.

Fatos e fotos

O evento foi um sucesso, com palestras de alto nível, posteres de trabalhos científicos excelentes, interação com os gêmeos, parentes de gêmeos e pesquisadores, finalizando com show de alto nível.

Parceria Psicologia da USP e Sindicato dos Gêmeos

Se você participou do evento e quer nos enviar fotos ou vídeos do evento, por favor entre em contato com contato@sindicatodosgemeos.com.br, ou pelo Facebook Sindicato dos Gêmeos.

Na Mídia

No evento de lançamento em 11/11/11 em São Paulo, no Espaço Unibanco, Alexandre e Ricardo deram uma palestra sobre embriologia e comportamento de gêmeos. Já as duplas de gêmeos Chico e Paulo Caruso e Célia e Celma, fizeram um show musical. Foi um evento muito interessante e divertido. Na platéia lotada de gêmeos e familiares rindo, podendo encontrar uma identidade de grupo para compartilhar. O evento foi coberto pelo Fantástico e vários outros veículos da mídiaEm 2013, os aspectos científicos e humorísticos foram tema do Programa Encontro com Fátima Bernardes: Sindicado dos Gêmeos e Os Mandamentos dos Gêmeos!

Gemialidades
Histórias

No ventre de uma mãe havia dois bebês.  Um perguntou ao outro: “Você acredita em vida após o parto? “O outro respondeu: “É claro. Tem que haver algo após o parto. Talvez nós estejamos aqui para nos preparar para o que virá mais tarde. “Bobagem”, disse o primeiro. “Que tipo de vida seria esta? “O segundo disse: “Eu não sei, mas haverá mais luz do que aqui. Talvez nós poderemos andar com as nossas próprias pernas  e comer com nossas bocas. Talvez teremos outros sentidos que não podemos entender agora. “O primeiro retrucou: “Isto é um absurdo. O cordão umbilical nos fornece nutrição e tudo o mais de que precisamos. O cordão umbilical é muito curto. A vida após o parto está fora de cogitação. “O segundo insistiu: “Bem, eu acho que há alguma coisa e talvez seja diferente do que é aqui. Talvez a gente não vá mais precisar deste tubo físico. “O primeiro contestou: “Bobagem, e além disso, se há realmente vida após o parto, então, por que ninguém jamais voltou de lá?“ “Bem, eu não sei”, disse o segundo, ” mas certamente vamos encontrar a Mamãe e ela vai cuidar de nós. “O primeiro respondeu: ” Mamãe, você realmente acredita em Mamãe? Isto é ridículo. Se a Mamãe existe, então, onde ela está agora? “O segundo disse: “Ela está ao nosso redor. Estamos cercados por ela. Nós somos dela. É nela que vivemos. Sem ela este mundo não seria e não poderia existir. “Disse o primeiro:” Bem, eu não posso vê-la, então, é lógico que ela não existe. “Ao que o segundo respondeu: “Às vezes, quando vc está em silêncio, se vc se concentrar e realmente ouvir, vc poderá perceber a presença dela e ouvir sua voz amorosa “Este foi o modo pelo qual um escritor húngaro explicou a existência de Deus.

Poema - SER Gêmeo

Ser igual e não ser igual.
Ser você, e não ser você.

Olhar, se ver, e não ser.

O outro em você.
Você no outro.
Os iguais, desiguais.

Um espelho humano.
Uns humanos no espelho.

De tanto parecer um só.
Vira só um.

A magia do desaparecer, às vezes, multiplica.

A onipresença por um instante se manifesta.

Ser único
Não é ser para qualquer “um”.

É direito de todos.

gemeas-ok

Por Francisca de Fátima e Mila Ribeiro

Os 10 mandamentos dos gêmeos
newborn-appearance
Uma vez gêmeo, sempre gêmeo.
Seja você mesmo. Seja diferente, mesmo parecendo a mesma pessoa.
Amai ao próximo assim como seu (sua) gêmeo (a).
Tenha paciência com as perguntas sobre gêmeos.
Não deixe sua mãe vesti-los (as) iguaizinhos (as). E se acontecer, viva a diferença.
Não faça ao seu gêmeo o que você não gostaria que ele fizesse com você (vale para não gêmeos)
Não desista do seu (sua) gêmeo (a).
Entenda que há pessoas que não gostam desse assunto de gêmeo.
Seja um Homo sapiens gemelos em sintonia com irmãos não gêmeos e filhos únicos.
Reivindicações: Os salários devem ser iguais ao que ganha mais, meia entrada em ingressos, presentes de aniversário do mesmo valor.
Lembranças dobradas
ThaiseMariana

Minhas primeiras lembranças são vagas, mas perturbadoras. As paredes decoradas com bexigas cor-de-rosa e uma mesa com brigadeiros e bolo. Todos os meus tios e primos e até os amiguinhos da escola. Um palhaço faz suas brincadeiras com as crianças. De repente começa o tormento. Primeiro, uma amiga me chama de Mariana. Depois é o palhaço que me convoca com convicção “venha Mariana!”  E para terminar de me confundir, minha tia e os primos dizem em uníssono “Feliz aniversário, Mariana”. Ué! Mas meu nome é Thais, pelo menos tinha certeza disto até essa montoeira de gente chegar ao salão de festas.

Bate-me um desespero. Corro até minha mãe, afinal a primeira pessoa a me ver no mundo, com certeza ela sabe a verdade. Chego sem fôlego e despejo de uma só vez: – Quem sou eu? Thais ou Mariana?

Muitos anos se passaram e eu continuo a observar minha irmã até os olhos arderem de tanto ficarem abertos. E nada de encontrar A DIFERENÇA. Talvez vovó estivesse errada e Deus ao nos criar tenha repetido a fôrma.
Na verdade até para a ciência eu apelei, mas os resultados do DNA não foram animadores, somos 99,9% iguais. Bom não há o que contestar o melhor é parar de procurar. Acostumar quem sabe? Principalmente quando é frequente eu, depois de, ao andar distraidamente pela rua e olhar de relance para a imagem que se forma no espelho de uma loja, dar um pulo e gritar:
– Nossa! O que minha irmã esta fazendo aqui?
 Ih, até eu cai nessa.
Autora: Thais Ribeiro
Depoimentos

“A experiência comunitária desde o útero, pelo menos a dois, mas pode ser a três ou mais, cria uma condição não genética de aprendizado de tolerância, comunicação e adaptabilidade. Para esta nossa época marcada pelo individualismo e competição, com tantos filhos únicos, pode ser altamente importante ser compartilhada e expandida esta experiência para uma grande irmandade trans-uterina.

Dr. Ricardo Ghelman

“Espero que este projeto ajude as pessoas de alguma forma positiva, já que entender o comportamento e a relação entre gêmeos univitelinos, bivitelinos, múltiplos e irmãos em geral, é uma ótima maneira de estudar a influência da genética, educação e livre arbítrio sobre a personalidade e o comportamento do ser humano. Acredito muito nesta parceria de ciência, humor, arte e cultura”.

Dr. Alexandre Ghelman
sindicato
Se considerarmos nosso planeta-mãe como um útero para nosso desenvolvimento, e os oceanos, os rios e mares como o líquido amniótico, no final das contas, todos nós somos gêmeos de alguma forma.
Parcerias
Rede de Pesquisa

O Sindicato dos Gêmeos é parceiro da RBPCG – Rede Brasileira de Pesquisa do Comportamento de Gêmeos – que congrega pesquisadores da área de saúde e de áreas afins, da USP, UFRJ, UFRN, UFPA, UNB, PUC/SP e PUC/RJ, Universidade de Londrina, UFMG, University of Sydney. em intercâmbio com o Twin Studies Center da California State University, Fullerton.

Museu da Pessoa
logo-museu-pessoa
banner-interativa
Contato
E-mail: contato@sindicatodosgemeos.com.br

O nosso objetivo é reunir gêmeos e pessoas interessadas no tema. Se você é gêmeo, parente ou simpatizante, faça seu cadastro! Preencha o formulário abaixo e clique em enviar.

Nome completo *

E-mail *

Telefone *

Categoria *

Nº de gêmeos *

Cidade onde reside *

Estado onde reside (UF) *

Data de Nascimento (Formato: XX/XX/XXXX) *

Profissão

Nome do Gêmeo 1 (primogênito)

Nome do Gêmeo 2

Nome do Gêmeo 3

Nome do Gêmeo 4

Sua mensagem (opcional)

Faça parte de nosso grupo no Facebook
Curious Twin Babies on White